4 respostas sobre empreendedorismo com Nathalia Arcuri

05 de May | 2021

O que você perguntaria pra uma mulher que começou uma empresa sozinha, com praticamente nenhum investimento e, em cinco anos, se tornou uma marca milionária, inclusive uma das mais lembradas durante a pandemia, com mais de 20 milhões de pessoas impactadas todos os meses?

Hoje, eu trago respostas pra algumas das perguntas que a Nathalia Arcuri, CEO e fundadora da Me Poupe!, recebeu no Me Poupe! 89 desta semana! Foi um episódio especial pra ajudar autônomos e quem tem um pequeno negócio a encontrarem problemas que eles nem imaginam ser problemas, mas que podem causar o naufrágio desse empreendimento!

Pra ouvir o episódio inteiro, é só clicar aqui no player: 

Mas não é pra parar aí, tá??? Afinal, no post, eu vou te mostrar respostas que ela NÃO falou no programa, e que você com certeza tá querendo saber.

Aliás, eu já vou começar com uma delas:

Quanto tempo eu preciso até saber se a empresa deu certo?

Administrar uma empresa tem que ser dia após dia, marinheira e marinheiro! E, pra isso, você precisa ter parâmetros pra ver se ela tá crescendo toda semana!

Nathalia Arcuri surpresa, exclamando "o quê?!"

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri surpresa, exclamando “o quê?!”

SIM, toda semana! É só assim que você pode descobrir rapidinho se algo não vai bem e mudar a abordagem, antes que esse furinho no seu casco vire um rombo que leve tudo por água abaixo.

E que tipo de parâmetros podem ser esses? Depende do que você quer conquistar!

Deixa eu te dar um exemplo, que vai ficar mais fácil de você entender o que quero dizer. Se você quer mais clientes, quantos entraram em contato na semana? O que você fez de diferente nesta semana da anterior, e o que aconteceu com o número de clientes? O que você pretende fazer na próxima, e que resultado espera atingir?

Quanto mais de perto você acompanhar essas coisas, mais rápido vai poder agir quando algo não for como o esperado.

Como meus clientes podem me achar no Instagram?

Você posta todo dia, usa hashtags, responde todos os comentários… Mas parece que ninguém te encontra no Instagram. Se identificou?

Antes de trazer a explicação da Nath de um motivo MUITO provável pra isso acontecer, eu quero que você pense um pouco na sua própria experiência no Instagram. É muito provável que você só encontre pequenos negócios pra seguir porque ELES apareceram pra você, não é?

E eles apareceram porque fizeram anúncios!

4 respostas sobre empreendedorismo com Nathalia Arcuri

#PRATODOSVEREM: Nath Arcuri com as mãos na cabeça dizendo “UAU “

Isso mesmo, tripulação: você pode pagar pras pessoas certas encontrarem o seu negócio, e o Facebook (que é o dono do Instagram) te permite escolher direitinho quem vai vê-lo.

Isso se chama impulsionamento, e é relativamente simples de começar a fazer até contratar alguém que faça por você. Além disso, dá pra achar MUITO material de graça na internet pra aprender a fazer!

TAmbém não precisa de muito dinheiro pra começar, mas é muito importante que você acompanhe bem de perto o quanto investiu e o quanto isso trouxe de retorno! Afinal, é assim que vai entender o que dá certo e não dá nos seus anúncios, e ter segurança de investir cada vez um pouco mais pra ter resultados ainda maiores. 

Quando é a hora de contratar alguém?

Ninguém chega muito longe sozinho, né, tripulação? Por isso, apesar de no começo ser normal que você faça TUDO, vai chegar uma hora que vai precisar delegar. Ou seja, contratar pessoas que cuidem de algumas áreas nas quais elas são especialistas, enquanto você vai se focando cada vez mais no produto ou no serviço, pra entregar o melhor possível sempre!

Mas… Qual é a hora de contratar essa primeira pessoa??? A resposta tem muito a ver com o faturamento da empresa: se você já tem clientes fixos o suficiente pra pagar seu próprio salário e consegue encaixar no dinheiro mais um salário, pode ser o momento certo!

Leia também: 6 erros que muita gente comete quando começa a empreender

“Mas Capitã, não dá pra fazer um empréstimo pra isso? Eu PRECISO contratar alguém agora pro meu negócio crescer!”

Ahhhh, tripulação, então já vou até puxar a outra pergunta…

É arriscado pegar dinheiro emprestado pra empreender?

A própria Nath já deu a letra: empreender é arriscado! Mas, se estamos de pegar dinheiro pra empreender, tem um risco a mais. Afinal, um empréstimo é uma dívida, e começar um negócio com dívidas com certeza não é o sonho de ninguém, né?

Mas dá, sim, pra emprestar dinheiro pra começar. Afinal, você precisa de um capital de giro, e talvez seja desse empréstimo que vai tirá-lo. Só que não adianta nada pegar esse empréstimo e não saber o que fazer com ele, ou pegar o dinheiro e daí pensar no que vai usar.

Por isso, se você já souber muito bem o que quer vender, pra quem, qual o lucro que terá, sua expectativa de faturamento e em quanto tempo espera quitar esse empréstimo – ou seja, recuperar o investimento – , já pode ser menos arriscado.

Em outras palavras, o que você precisa é de planejamento! É só assim que vai saber se precisa de um empréstimo, qual o valor dele e pra que ele será utilizado.

Nathalia Arcuri concentrada, falando pausadamente "simples"

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri concentrada, falando pausadamente “simples”

Ainda tem alguma dúvida cruel de empreendedorismo que você gostaria que a Nathalia respondesse? Segue ela no Instagram e manda lá! Além disso, toda segunda-feira, ela apresenta o Me Poupe! 89 com uma live no Instagram, e você pode mandar suas perguntas ao vivo!

Até a próxima, e lembre-se: não existe pergunta boba, existe pergunta que ninguém respondeu!

Comentários

Seja o primeiro a deixar seu comentário